ISSN 1807-734X    QUALIS A2
 
:
:
:
 
 
:
:
 
   
14 | 5
2017

Normas de submissão e avaliação de artigos 
 
Submissão, estrutura e formato
O artigo submetido à BBR – Brazilian Business Review deve ser inédito, isto é, não pode ter sido ou estar sendo submetido a outro periódico, no Brasil ou no exterior. Trabalhos publicados em anais de encontros científicos, como congressos, seminários, simpósios etc. são considerados inéditos. Portanto, a BBR – Brazilian Business Review estimula autores desses trabalhos a formatá-los no padrão de artigos e submetê-los para avaliação.

Os artigos submetidos à BBR – Brazilian Business Review serão, preliminarmente, examinados pelo Editor quanto à sua adequação à missão e objetivos do periódico. Caso atendam essa condição, serão avaliados pelo sistema double blind review por, no mínimo, dois consultores do Corpo de Referees do periódico.

Os artigos podem ser submetidos em português ou inglês. Para os artigos submetidos a partir de 2017, caberá aos autores providenciarem a versão na outra língua, de modo que os textos possam ser publicados nessas duas línguas.
· Os artigos serão submetidos por meio de formulário eletrônico disponível no site da revista (http://mc04.manuscriptcentral.com/bbr-scielo)
· O editor de texto aceito é o Word 6.0 ou superior;
· Fonte: Times New Roman, tamanho 12;
· Espaçamento entre linhas: 1,5.
· Alinhamento: justificado;
· Margens: superior e esquerda: 3 cm, inferior e direita: 2 cm;
· Número de palavras, incluindo título, resumo, texto, referências e ilustrações: entre 6.000 e 8.000 palavras para artigos teórico-empíricos;
· As citações devem ser feitas no corpo do texto no sistema autor-data, incluindo os números de páginas (quando for o caso), conforme norma da ABNT NBR 10520. Não devem ser utilizadas as expressões Id., Ibid., Op. cit., Loc. cit. e assemelhadas;
· As referências completas das obras citadas deverão ser apresentadas em ordem alfabética no final do texto, conforme norma da ABNT NBR 6023;
· As ilustrações, tais como figuras, quadros e tabelas devem ser elaboradas segundo a norma da ABNT NBR 14724, sempre em preto e branco, juntamente com legendas, créditos e fonte. Caso haja ilustrações importadas de outros programas, como o Excel e Power Point, enviar também o arquivo de origem;
· Notas de referência e explicativas devem ser evitadas. As notas estritamente necessárias devem ser numeradas seqüencialmente no corpo do texto e inseridas no final do texto, antes das referências;

O artigo deverá ser submetido em um arquivo contendo o texto do artigo propriamente dito, com as características descritas a seguir. Na primeira página deverão constar: a. título do artigo (em português e em inglês); b. resumo, contendo entre 120 e 160 palavras; c. entre três e cinco palavras-chave; d. abstract (texto com o mesmo conteúdo do resumo em inglês); e. key words. A partir da segunda página deve vir o corpo do artigo;

Para garantir o anonimato do processo de avaliação o(s) autor(es) não deve(m) se identificar no corpo do artigo;

O conteúdo dos artigos deve conter, sempre que possível: a. objetivos; b. marco teórico de referência; c. metodologia; d. resultados e discussão; e. conclusões, limitações, recomendações de natureza acadêmica e prática; f. referências; e g. apêndices e anexos.
 
Após as referências, deve ser incluido uma frase, na qual os autores declaram se há conflito de interesses, além da indicação da contribuição de cada autor na pesquisa e no artigo.
 
A partir de março de 2012, o número de autores de artigos é limitado a quatro, ressalvadas as submissões anteriores.

Processo de avaliação
O objetivo da avaliação é ajudar os autores a melhorar a qualidade de seus trabalhos, fornecendo avaliações construtivas e em tempo razoável, preparadas por acadêmicos experientes. A BBR – Brazilian Business Review, considera o processo de avaliação etapa fundamental para o aperfeiçoamento dos artigos. Por esse motivo, os avaliadores da BBR – Brazilian Business Review são incentivados a apresentar, além do parecer quanto à publicação, sugestões de melhoria quanto ao conteúdo e à forma do texto.

O processo de avaliação de artigos submetidos à BBR – Brazilian Business Review consta de duas etapas. A primeira, uma avaliação preliminar do Editor e Editores Adjuntos, que examina a adequação do trabalho à linha editorial do periódico e fazem a avaliação Desk Review. A segunda, a avaliação propriamente dita, no sistema double blind review, a ser realizada por dois consultores ad hoc.

A avaliação considera, primordialmente, a qualidade científica do texto, com foco nos seguintes aspectos:
- Atualidade do tema; 
- Originalidade do trabalho; 
- Relevância e consistência teórica do texto para o desenvolvimento da área de conhecimento; 
- Qualidade do referencial teórico utilizado; 
- Qualidade de redação e organização do texto; 
- Contribuição do trabalho para o conhecimento administrativo e/ou para ação administrativa em organizações; 
- Metodologia utilizada: propriedade, qualidade, nível de sofisticação; 
- Qualidade da análise e discussão dos dados (se for o caso); 
- Conclusões: consecução, fundamento e coerência.

O resultado da avaliação será encaminhado ao primeiro autor do trabalho, por email. Estima-se um prazo total de noventa dias, a partir do aceite no Desk Review até o primeiro parecer sobre o artigo;

Depois de aprovado, o artigo passa por revisão ortográfica e gramatical, antes de sua publicação na BBR – Brazilian Business Review.
 
A Brazilian Business Review não cobra taxas os autores referentes à submissão (submission charges). Declaramos também que a Brazilian Business Review é uma publicação de Acesso Aberto, ou seja, todo o conteúdo da revista está disponível para leitura sem custos e imediatamente após a publicação
  
Responsabilidade por textos publicados na BBR – Brazilian Business Review
Os artigos publicados na BBR – Brazilian Business Review são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). Os direitos, inclusive de tradução, são reservados e transferidos à BBR – Brazilian Business Review.
 
É permitido citar partes dos textos publicados na BBR – Brazilian Business Review, desde que atendidas as condições previstas em legislação que rege a matéria.

Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuiçao 3.0 Nao Adaptada.


This journal is a member of, and subscribes to the principles of, the Committee on Publication Ethics (COPE)

2004 - 2017 © Brazilian Business Review.